terça-feira, 19 de maio de 2009

Faça o que você gosta e algo mais!

Após ler alguns posts de colegas e pessoas que admiro (1, 2, 3, 4) resolvi falar um pouco sobre o assunto também. :D
Toda essa história de fazer ou não faculdade, sempre acaba gerando um blá blá blá extra em qualquer situação. No meu caso sou suspeito em falar sobre o assunto, mas esse que vos fala tem uma trajetória bem comum.


Eu, não diferente de muitos, cresci fascinado por tecnologia, e pra resumir a história, após ter finalizado meu "segundo grau" no interior da bahia, comecei a me dedicar a área de informática. Foi aí que descobri que o primeiro curso formal de téc. em informática estava a iniciar em minha cidade.

Resolvi fazer, e então todo um mundo novo se abriu, descobri a área de desenvolvimento, e adorei poder "conversar" com o computador. Após o término do curso iniciei faculdade em Matemática, mas logo desisti por perceber que não gosto de números, gosto sim de resolver problemas reais.

Nesse meio termo, já estava ensinando no mesmo curso técnico em que estudei. Foi aí que surgiu o curso superior em Sistemas de Informação, não tive dúvidas e adentrei de cabeça, afinal, como um dos colegas falou, comecei a fazer a faculdade pra conhecer mais a fundo todos os ramos que envolvem nossa querida área de tecnologia, pois, aprender nunca é demais.

Durante o período em que estava fazendo faculdade tive que deixar de ensinar, mas, gostei muito da experiência, transmitir conhecimento realmente me realiza, e, após o segundo ano fui convidado a gerir o setor de tecnologia da própria faculdade.


A experiência foi fantástica, aprendi muito, tanto na área de técnica como na área de pessoal e gerência. É óbvio que não foi fácil administrar o tempo, afinal eu chegava 07:00 da matina e saía as 23:00 todos os dias, mas a vontade e persistência venceram as dificuldades.

Após esssa fase, e antes que eu terminasse a faculdade, recebi uma carta de convocação para trabalhar em uma hidrelétrica (no setor de informática), na verdade tinha sido um concurso que eu tinha prestado a uns 3 anos atrás e praticamente já tinha esquecido. Bom, resolvi sair da gerência e voltei a ser "peão", agora como concursado (que já é um outro grande tema para debate).

Com isso fiquei mais tranquilo para finalizar minha faculdade, que por sinal, tive meu trabalho de conclusão muito questionado por estar bem fora dos pardões tidos como formais, mas isso não vem ao caso agora.

Não satisfeito, assim que terminei o curso entrei direto em uma pós-graduação, na intensão de poder mais a frente voltar a ensinar, e quem sabe em uma faculdade. E para minha surpresa, 6 meses antes de eu finalizar minha pós, fui convidado a lecionar na faculdade em que estudei, isso tem me feito muito feliz, como eu disse, adoro lecionar.

Nesse exato momento, estou finalizando minha pós-graduação, mas, não me vejo diferente de ninguém, nem melhor, nem pior. O grande detalhe é que não quero parar, nunca, jamais. Tenho feito alguns estudos e pretendo tentar algumas coisas na vida ainda, uma delas trabalhar home/office e quem sabe empreender. Se precisarei sair do emprego atual, não sei, mas se precisar o farei sem sombra de dúvidas.

A lição que fica pra mim é que fazer o que é bom e cômodo é fácil, persistir todos devem, parar nunca, aprender nunca é demais, e fazer algo a mais todos deveriam tentar.

Óbvio que esse texto não é dos melhores, não tenho vocação pra escrever, mas são palavras que ao menos podem servir pra reflexão, afinal, como já falou uma outra pessoa por aí, escreva, escreva, escreva, isso só vai te fazer bem!

[]'s

4 comentários:

Fabaino Vaz disse...

É sempre bom ler o que você escreve, continue. Eu posso dizer que conheço essa história que você contou sobre você, mas devo dizer que você foi bastante humilde na sua descrição. Sobre o tema central, tenho uma opinião bem de acordo com o titulo, conheço grandes profissionais com graduação e outros sem, mas todos são muito bons no que fazem e principalmente, gostam do que fazem, caso contrário não seriam grandes profissionais....
Apesar de estar seguindo seus passos, gostaria poder obter ainda este ano 2 certificações, porém não sei bem pra quê...

.::JACK::. disse...

Fala garoto! :)
Obrigado pelas palavras, e, se você quer fazer as certificações e está disposto a isso, então, Do it!

Igor O. Costa disse...

Grande Jack, você realmente é um exemplo pra muita gente, eu mesmo aprendi muito com você e continuo aprendendo, mas é como você diz no seu post, devemos sempre estar aprendendo e correndo atrás de nossos objetivos.

vlw engenheiro de software :D

.::JACK::. disse...

Vlw IguinhU!!! :D

É isso aí! Vamos continuar correndo! heheh!

E falar nisso, vamos vencer mais essa! ;)